Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

UFPA dá início aos debates do seu I Seminário de Assistência e Acessibilidade Estudantil

Iniciou, nesta terça-feira, 9, o I Seminário de Assistência e Acessibilidade Estudantil da Universidade Federal do Pará. Organizado pela Superintendência de Assistência Estudantil da UFPA (Saest/UFPA), o evento ocorre até o dia 11 de março, no formato virtual, com transmissão ao vivo pelo canal da Saest no YouTube, entre 15h e 19h. A mesa de abertura contou com a participação do reitor Emmanuel Tourinho, de pró-reitores e de demais representações docentes e discentes.

O primeiro a se pronunciar foi o representante discente, coordenador geral do Diretório Central dos Estudantes (DCE), estudante indígena Tel Guajarara, para quem o evento simboliza um espaço de debate democrático acessível para todos. Também, nesse sentido, falou o professor Daniel Barroso, assessor da Reitoria para a Educação Básica, Técnica e Tecnológica da UFPA, que disse que as escolas da Universidade estão abertas ao diálogo.

O coordenador do Fórum dos Dirigentes Multicampi da UFPA, professor Doriedson Rodrigues, mencionou a importância do evento e parabenizou a Saest pela iniciativa, uma vez que grande parte da comunidade amazônida passou a ter acesso à ciência, à cultura e à extensão da Universidade e passou a vivê-las por meio das ações de inclusão social protagonizadas pela Federal paraense. Também o diretor do Fórum dos Dirigentes das Unidades de Belém, professor Marcos Diniz, ressaltou o valor do trabalho de inclusão realizado pela Universidade, que conta com representações dos mais diversos povos, como negros, indígenas, ribeirinhos, quilombolas, entre outros, com os quais a Saest contribui efetivamente.

A Universidade que mais inclui - Sobre isso, o superintendente de Assistência Estudantil da UFPA, professor Ronaldo Lima Araujo, destacou que a UFPA é a maior universidade do Brasil em número de alunos matriculados, sendo também a Instituição Federal de Ensino Superior com a maior taxa de pessoas negras e de baixa renda inscritas, portanto, a que mais inclui socialmente no país. 

Segundo o professor Ronaldo, o cenário da pandemia de Covid-19 agravou as desigualdades e aumentou, ainda mais, os desafios da Universidade quanto ao enfrentamento de dificuldades que requeiram políticas de assistência. “Temos que estar alertas às necessidades de políticas e estamos aqui para ouvir nosso público, suas demandas, suas críticas e suas propostas para os programas que a Saest desenvolve”, afirmou.

Apesar de cortes orçamentários anunciados na área da Educação Superior, a UFPA mantém os Auxílios da Assistência Estudantil, esforçando-se, inclusive, para ampliá-los conforme o surgimento das novas demandas advindas do ensino remoto. É o que acontece, por exemplo, com o Auxílio de Inclusão Digital, atualmente ofertado em edital contínuo, via SaesDemais representações - Também estiveram presentes à abertura do seminário os pró-reitores: de Extensão (Proex), Nelson Júnior; de Pesquisa e Pós-Graduação (Propesp), Iracilda Sampaio; e de Ensino de Graduação (Proeg), Marília Ferreira. 

O pró-reitor de Extensão disse que a inclusão é o pilar estruturante de todas as demais políticas da universidade que sustenta o tripé ensino, pesquisa e extensão. A professora Iracilda afirmou que a assistência e a acessibilidade são responsabilidade de todos para com a Instituição. Já a professora Marília destacou que não basta haver inclusão, tendo esta que estar associada às ações de assistência e permanência. 

Permanência com qualidade - “Além de expandir vagas, precisamos dar aos que entram na Universidade as condições adequadas para a permanência e o pleno aproveitamento, contribuindo com as comunidades a que pertencem”, destacou o reitor Emmanuel Tourinho. Para o reitor, as Universidades Públicas são o que há de mais representativo em termos de política de inclusão, e a UFPA é um exemplo de instituição que, além de incluir, tem a preocupação de garantir a permanência, com qualidade, dos estudantes no ensino superior.

Para ampliar a inclusão, a acessibilidade e a assistência estudantil na UFPA, foi criada, em 2017, a Saest, como órgão integrante da Administração Superior. Ao mesmo tempo, também foi criada a Assessoria da Diversidade e Inclusão Social (Adis). “Ambas realizam trabalhos de suma importância para a afirmação da UFPA como instituição plural, diversa e inclusiva”, afirmou Tourinho.

A expectativa com o seminário é expandir o ambiente de diálogo e oportunizar aos atores sociais a colaboração direta para com as políticas de assistência e acessibilidade da UFPA. “Temos dificuldades financeiras, mas temos nos esforçado para superá-las, entendendo a importância do investimento em assistência e acessibilidade, ao mesmo tempo em que nos unimos à luta nacional por mais recursos para o Plano Nacional de Assistência Estudantil (Pnaes)”, continuou o reitor. “Estamos aqui trabalhando por um projeto de universidade inclusiva. Esse projeto nos mobiliza permanentemente”.

Sobre o evento – O I Seminário de Assistência e Acessibilidade da UFPA busca reunir estudantes, professores (as) e servidores(as) de todos os campi da UFPA e de outras universidades, com o objetivo de fazer a divulgação, a avaliação e a discussão sobre as ações e os serviços de Assistência Estudantil oferecidos pela Universidade. Será realizado também durante a atividade um levantamento de subsídios para a revisão dos programas desenvolvidos pelas diferentes coordenadorias e pela Diretoria da Superintendência de Assistência Estudantil, além do debate para a definição de ações prioritárias e das metas para as ações da Assistência Estudantil na UFPA. 

A programação conta com salas de discussão, palestras e mesas-redondas. Na tarde do primeiro dia, além da abertura, ocorreram três mesas: “A Assistência Estudantil como direito em uma Universidade multicampi”, com a participação da professora Maísa Miralva da Silva (UFG) - coordenadora do Fórum Nacional de Pró-Reitoras e Pró-Reitores de Assuntos Comunitários Estudantis (Fonaprace); “Os programas de Assistência Estudantil da UFPA” e “A integração e o apoio pedagógico como estratégia de permanência no ensino superior”. As várias salas de discussão do evento prosseguem até o dia 11 de março, tendo como expositores(as) profissionais, gestores(as) e estudantes envolvidos(as) com a política de Assistência Estudantil da UFPA.

Serviço

I Seminário de Assistência e Acessibilidade Estudantil da UFPA

Data: 9,10 e 11 de março de 2021

Hora: 15h

Plataforma de transmissão: YouTube e FacebookSaest/UFPA

Acesse a programação do seminário.

Acesse programação em PDF para leitor de voz.

Texto: Jéssica Souza – Assessoria de Comunicação da UFPA
Imagens: Reprodução da transmissão

  • Publicado: Segunda, 15 de Março de 2021, 02h11
  • Última atualização em Segunda, 15 de Março de 2021, 02h11
  • Acessos: 91
registrado em:
Fim do conteúdo da página
dildo porn videos lesbian adult videos bisexual xxx tube hdxxxporn.club hotporntub.info realpornfilms.com xnxxporntube.site hubpornindian.info duvporno.biz sextresss.xyz hotmomsteen.xyz freeporntix.info xvideosporn.club mobilporn http://xssn.net sextubesvideos xnxx free porn moobil porn porn movies free porn XXX