Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

UFPA instala Fórum de Assistência e Acessibilidade Estudantil

Com a participação de diversas representações da comunidade acadêmica, a Universidade Federal do Pará (UFPA) deu início, em reunião virtual, nesta quarta-feira, 1º de setembro de 2021, aos trabalhos do Fórum de Assistência e Acessibilidade Estudantil (FAES). Criado pelo Conselho Universitário (Consun/UFPA) em março de 2021, por meio da Resolução 829/21, o FAES é um espaço coletivo, de caráter permanente, consultivo e propositivo a respeito da Política Institucional de Assistência e Acessibilidade Estudantil da UFPA (PINAE).

O FAES, segundo o regimento aprovado pela Resolução nº 830/2021/UFPA, constitui-se como instrumento de gestão democrática e colegiada, com garantia da autonomia das suas representações para as discussões necessárias. Integram o Fórum uma ampla representatividade de entidades estudantis, órgãos, pró-reitorias e setores da UFPA envolvidos com as ações e os programas voltados à inclusão de estudantes, que, a partir dessa função, assumem a responsabilidade de fazer o controle social sobre o planejamento, o acompanhamento e a avaliação da Pinae da UFPA.

Instalação - Ao abrir a primeira reunião do Fórum de Assistência e Acessibilidade Estudantil, o Reitor da Universidade Federal do Pará, Emmanuel Zagury Tourinho, saudou os presentes e declarou empossados todos os membros com cadeira no FAES.  Em seguida, o reitor destacou que a pauta do Fórum é uma prioridade para a Administração Superior. “Para nós, Assistência e Acessibilidade estudantis têm grande importância porque são partes essenciais de nosso projeto de Universidade, que se resume nos conceitos de excelência e inclusão”. 

Ainda sobre a importância da FAES, o reitor Emmanuel Tourinho ressaltou que a sua criação contribui com a institucionalização das políticas de inclusão. “Temos acumulado avanços que devem ser perenes,  reconhecidos pela comunidade não apenas como realizações de uma gestão, mas como conquistas institucionais permanentes. Tem sido muito bom contar com o trabalho articulado da Superintendência de Assistência e Acessibilidade Estudantil, criada em 2017, que agora passa a ter como referência o debate realizado no âmbito do FAES, desse modo consolidando o protagonismo de todas as representações que se ocupam cotidianamente das assistência e da acessibilidade estudantis. Estamos, assim, fortalecendo o nosso compromisso com a inclusão na Universidade”.

Metas e ações -  Na pauta de reunião do FAES, após a instalação, foi apresentado pelo superintendente de Assistência e Acessibilidade Estudantil da UFPA, prof. Ronaldo Araujo, a proposta do Plano de Metas da Saest/UFPA para o período de 2021 a 2024. O superintendente da Saest realizou a apresentação contextualizando que a proposta do Plano de Metas deve servir como referência aos Planos Anuais de atividades da Saest/UFPA, de forma alinhada ao Plano de Desenvolvimento Institucional da UFPA (PDI) 2016-2025.  

“Trata-se de uma sistematização e publicização das ações. Este Plano foi discutido pelas diversas equipes da Saest, com a colaboração das Divisões de Assistência e Acessibilidade Estudantis dos campi da UFPA. Agora, está sendo apresentado ao colegiado do FAES para contribuições. O Plano de Metas reflete uma construção mais colaborativa para a execução dos quatro eixos que compõem a Política de Assistência e Acessibilidade Estudantil da UFPA, quais sejam a Assistência Estudantil, a Integração Estudantil, a Acessibilidade e Alimentação Estudantil”, afirmou o superintendente, Ronaldo Araujo.

Representações - Durante a reunião, representantes das entidades e órgãos com assento no FAES registraram suas considerações no decorrer da reunião de instalação. O estudante indígena, coordenador do Diretório Central dos Estudantes da UFPA e diretor executivo da União Nacional dos Estudantes (UNE), Tel Gajajara, ressaltou que o espaço de discussão estabelecido pelo Fórum é importante para a defesa da Assistência Estudantil em face dos violentos cortes de verbas sofridos pelas universidades públicas.

Para Flávia Calé, presidenta da Associação Nacional dos Pós-Graduandos (ANPG), a Assistência Estudantil é o que poderá possibilitar que uma geração, no Brasil, não seja perdida no momento de crise sanitária, humanitária e econômica pela qual passa o país. Flávia considerou que a Assistência Estudantil exige novas elaborações para o tempo presente e citou o exemplo da saúde mental dos estudantes como um tema recente, mas se encontra nos marcos da Assistência Estudantil.

Já a professora Rosa Helena Sousa, coordenadora do Fórum de Coordenadores (as) dos Campi da UFPA, referiu-se à instalação do FAES como um momento importante para a história da UFPA. “É um momento em que estamos acrescentando mais um tijolo no processo de inclusão da Universidade”, afirmou a professora.

A representante dos quilombolas estudantes da UFPA, Vanuza da Conceição Cardoso, ressaltou as dificuldades que os estudantes quilombolas têm para a permanência na Universidade, com a distância do território e dos parentes. Ela afirmou, em nome de sua comunidade, que estava esperançosa com a criação do FAES por vislumbrar uma possibilidade para uma melhora na qualidade de estudo dos seus iguais, os estudantes quilombolas e também os indígenas.

Eliel Delgado, um dos coordenadores da Associação dos Estudantes com Deficiência da UFPA (ADD), considerou que não basta que os estudantes com deficiência recebam ações de acessibilidade, porém é muito importante a participação na construção da política de inclusão por meio do FAES.

A pauta da primeira reunião do Fórum de Assistência e Acessibilidade Estudantil finalizou com a concordância dos pares em manter uma agenda em que as demandas de Assistência e Acessibilidade possam ser discutidas para atender ao conjunto de estudantes que necessitem de apoio para a permanência na Universidade Federal do Pará.

Ao encerrar a atividade de instalação do FAES, o superintendente de Assistência e Acessibilidade Estudantil da UFPA, professor Ronaldo Araujo, enfatizou a disposição de colocar a Saest/UFPA sempre aberta ao diálogo a todas e todos que demonstrarem interesse em participar da construção das ações de inclusão para que os recursos materiais e humanos disponíveis na Assistência e Acessibilidade Estudantil da UFPA possam alcançar um número cada vez maior de estudantes em todos os campi da Universidade.

Para saber mais, acesse Saest/UFPA.

Texto e imagens: Assessoria Saest/UFPA

  • Publicado: Quinta, 09 de Setembro de 2021, 10h03
  • Última atualização em Quinta, 09 de Setembro de 2021, 10h05
  • Acessos: 299
registrado em:
Fim do conteúdo da página
dildo porn videos lesbian adult videos bisexual xxx tube hdxxxporn.club hotporntub.info realpornfilms.com xnxxporntube.site hubpornindian.info duvporno.biz sextresss.xyz hotmomsteen.xyz freeporntix.info xvideosporn.club mobilporn http://xssn.net sextubesvideos xnxx free porn moobil porn porn movies free porn XXX