Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Assistência Estudantil realiza pesquisa sobre o Programa Estudante Saudável

Publicado: Sexta, 07 de Julho de 2017, 17h46 | Última atualização em Quinta, 20 de Julho de 2017, 17h47 | Acessos: 396

O estudante usuário do Programa Estudante Saudável (PES) da Universidade Federal do Pará (UFPA) é a melhor pessoa para avaliar e dar opinião sobre a qualidade dos serviços prestados. Com o objetivo de aperfeiçoar o atendimento e os procedimentos ofertados, a Superintendência de Assistência Estudantil (SAEst) está realizando uma pesquisa para saber a opinião e colher sugestão dos estudantes sobre o PES. A pesquisa iniciou-se em 10 de maio e a previsão de conclusão é 10 de julho de 2017.

Para realização das entrevistas, os pesquisadores estão abordando os estudantes nos locais de prestação dos atendimentos à saúde, realizando contato por telefone e indo ao encontro dos estudantes nos locais previamente combinados.

Serviços – O Programa Estudante Saudável atende, em média, 540 estudantes ao mês, em várias especialidades da área da saúde. Os usuários podem solicitar consultas médicas, realizar exames laboratoriais e preventivos, acessar atendimento psicológico, psiquiátrico, odontológico, terapia e fisioterapia, entre outros serviços. Os atendimentos funcionam nos Hospitais Universitários Barros Barreto e Bettina Ferro, na Clínica de Psicologia, na Faculdade de Medicina, no Instituto de Ciências Biológicas, na Faculdade de Odontologia, nas Faculdades de Fisioterapia e Terapia Ocupacional.

Melhoria do Programa – A pesquisa com os estudantes objetiva saber o que pensam e desejam que seja melhorado no Programa Estudante Saudável. Segundo a coordenadora de Integração da SAEst, Ana Clotilde Colares, a pesquisa, além de melhorar os serviços que já são ofertados, quer, também, obter a opinião dos alunos sobre o que eles gostariam que fosse acrescentado. “Temos tido muita demanda de tratamento de saúde por parte dos discentes, e como o PES é um programa voltado para eles, queremos escutá-los.  Por isso solicitamos que todos que fazem uso dos serviços empreendam um esforço para responder à pesquisa. O resultado da pesquisa será um norte para que possamos aprimorar as ações de saúde por meio do PES.”

Como participar da pesquisa – Os entrevistadores vão fazer contato por telefone ou via e-mail e agendar um encontro para que o estudante possa responder ao formulário com perguntas. O encontro pode ser no espaço da consulta ou do exame, em sala de aula, no hall da Reitoria ou do Mirante, ou em lugar da UFPA acessível e agradável ao aluno entrevistado. O coordenador da pesquisa, Wando Miranda, informa que o estudante vai precisar doar um pouco do tempo para responder ao questionário, mas a contribuição de todos irá qualificar o PES e levantar outras demandas para atendimento da saúde estudantil.  

Como solicitar atendimento no PES – O estudante da UFPA que desejar os serviços do PES deve se dirigir à SAEst, no segundo andar da Reitoria, solicitar informações ao atendente nos horários da manhã e da tarde. Caso tenha interesse, pode solicitar liberação do seu CPF para inscrição on-line no PES pelo Sistema Gerencial de Assistência Estudantil (SiGAEst). Após acessar o site, deve preencher o questionário socioeconômico. Durante o processo de inscrição, o estudante deve anexar a documentação solicitada também via SiGAEste, depois, finalizar a inscrição.

Todas as orientações sobre o Programa Estudante Saudável, Auxílio Saúde e a documentação necessária estão descritas na Instrução Normativa nº 09/2017, disponível no site da SAEst (acesse aqui). O contato para orientações sobre o PES pode ser realizado pelos telefones: (91) 3201-7268/7262.

Acesse o site da SAEst.

Texto e arte: Divulgação SAEST/UFPA

Fim do conteúdo da página